email: patriciaventura.iyengaryoga@gmail.com // Telefone: +351 928 057 845

Iyengar Yoga

& storytelling

patrícia ventura
O QUE É?

Após um conto ou uma estória contada, é executada uma coreografia corporal de forma lúdica, com um tempo para o participante poder criar e apresentar o que lhe é mais prazeroso. Combinando, assim, o propósito do yoga, juntar o corpo, o intelecto e o “eco” do que anima a sua essência, estas sessões conseguem integrar de forma divertida o que se aprendeu e consolidam ensinamentos.

O Yoga Iyengar & Storytelling é uma metodologia que Patrícia Ventura aprendeu numa escola tradicional Indiana e que, ao longo dos anos, tem vindo a explorar, recriando como um instrumento de consolidação pedagógico de ensino, transversal a todos os públicos, desde crianças a adultos de qualquer faixa etária. Nesta metodologia, o que é visível é o participante utilizar o seu próprio corpo recorrendo às posturas milenares do Yoga”. 


Esta nova forma de ensinar tem como princípios:

* ser uma forma; lúdica de ensinar e onde os alunos possam sentir-se motivados a continuar; 

* ser uma fonte de energia e alegria; 

* ser uma repetição cuidada, utilizando o sistema nervoso como “motor” das novas aprendizagens; 

* ser um desafio ao " saber fazer através do corpo ” e da escuta.

8bba4d24-68eb-44fd-9c1b-1008fbd304af

A QUEM SE DIRIGE?

Transversal a todos os públicos, desde crianças a adultos de qualquer faixa etária.

Para as diferentes faixas etárias e como estas se podem interrelacionar.

Como foi possível criar esta nova metodologia?

Esta metodologia é uma recriação e ampliação da que é utilizada e desenhada, pelo Centro Iyengar Yoga® de Paris e outros , para a natureza mental instável das crianças e vem de fonte certificada e mundialmente reconhecida e experimentada. O curso de Professor de Iyengar Yoga® certificado, é tutelado por Pune, India.

No entanto, a exploração desta metodologia só foi possível por Patrícia Ventura ter diversificado a “arte” do ensino em diferentes circunstâncias e ambientes, tais como, ensino de adultos (Formadora em Ambiente e Professora de Yoga), pioneira na área da Educação Ambiental com crianças em Loures (Oficinas Recreativas e Ambiente), co-autora na Implementação de um Programa de Avaliação de Educação Ambiental, enquanto Engenheira do Ambiente. Ainda, devido a Patricia Ventura ter uma prestabilidade e sensibilidade para com a comunidade que a envolve, uma paixão e experiência em Formação, Ambiente e Saúde.

Qual a história desta metodologia?

Patrícia Ventura, desde criança que utilizou o recurso à imagem, o que fez dela, desde tenra idade, uma seguidora da citação de Umberto Eco:

"Desde os tempos mais remotos da comunicação, o conhecimento foi transferido através de histórias. Inclusive mesmo antes da escrita e da linguagem ser desenvolvida, os nossos ancestrais já contavam histórias por meio de imagens, como as pinturas rupestres”

Foi-lhe transmitida como ensinar Yoga a crianças em 2010, em Paris, durante o curso de Centro de Iyengar Yoga de Paris, e respetivo estágio de 3 meses, onde fez a sua formação e certificação como professora. E, mais tarde, também na Índia, por Abhijata Iyengar, uma professora de referência nesta matéria.

Iniciou-se com esta divertida arte em Lisboa, quando lecionou durante alguns anos aulas de Yoga para crianças, ensinando os fundamentos da filosofia de Yoga e Budista. Permaneceu durante 3 anos com aulas com Yoga para Crianças, no Ginásio do Alto do Duque, no Restelo.

No Colégio Amor de Deus, implementou um programa piloto experimental, com alunos do 2º ciclo, e teve o prazer de ter o apoio dos professores e da psicóloga. Os resultados foram surpreendentes, com algumas alterações comportamentais desejadas e uns desenhos que ilustraram bem qual a memória deles da aula, já passada.

Para aproximar gerações e interligá-las, a convite da Santa Casa da Misericórdia, a anual “Semana do Bébé”, provando que estes ensinamentos podem recorrer à agilidade das crianças como fonte de “suporte” aos avós ou pais.

Nas Caldas da Rainha, também com alunos do 2º ciclo, teve o seu primeiro desafio com crianças inferiores a 8 anos, adaptando as aulas a jogos tradicionais portugueses, a jogos de competição de educação física e, com o programa dado no dia, com Estórias & Storytelling, nas AEC, na empresa Tempos Brilhantes, durante 3 meses.

Que temas se tem ensinado com esta forma de ensinar ?

Esta metodologia está ao serviço da sensibilização ambiental e do conhecimento do património histórico e cultural. Exemplo disso são os cartazes de divulgação e os vídeos das sessões desenvolvidas nos Concelhos de Óbidos e de Caldas da Rainha, nestes últimos anos.

Os “Flamingos na Lagoa de Óbidos” com fotógrafo convidado João Edgar Cardoso. Setembro 2021, Cais da Rainha no Nadadouro, com parceria do “Centro de Interpretação da Lagoa de Óbidos (CILO)”.

“A viagem do Eiró” com a participação de Intertidal - Natureza e Aventura. Agosto 2021, Merendas da Lagoa no Nadadouro, com parceria do “Centro de Interpretação da Lagoa de Óbidos (CILO)”.

“Estórias e Legendas das Rainhas de Óbidos", exposição das obras as “Rainhas em prata” Madalena. Outubro 2019, “Infusion Café” e a “Livraria Ler Devagar”, com participação da joalheira e em co-autoria de Madalena Avelar .

“Contos sobre a Vida e os Animais da Lagoa de Óbidos", ao pôr do Sol. Agosto 2019, Praia da Foz do Arelho, em parceria com o “Café Spot”

“Contos e Lendas da Foz do Arelho " Julho 2019. “Museu Jaime Umbelino”, em parceria com a “Junta de Freguesia” no “Centenário da Foz do Arelho”.

“Contos e Lendas do Castelo de Óbidos e suas Rainhas", para a comunidade de estrangeiros. Julho 2019, “Espaço 0”, em parceria com a Associação da Silver Coast Volunteers (SCV).

"Contos e Lendas do Castelo de Óbidos e suas Rainhas", acompanhada por Joana Santos ao som dos instrumentos “sunpan” e “ravdrum”. Dezembro 2018, na “ Igreja de Santiago” em “Óbidos Vila Natal”.

- Bem haja!